Musicas que Marcaram Minha Vida


Algumas pessoas encontram diversas maneiras para expressar momentos vivídos e que de alguma maneira marcaram e fizeram parte de sua história.
Uma das maneiras encontradas por alguns amigos, foi a criação de um meme entitulado "músicas que marcaram minha vida" ,e dentro de um site chamado Dihitt passaram a divulgar suas postagens, cada um exemplificando suas músicas, em seguida direcionavam e indicavam outros amigos para fazerem o mesmo.

Passados alguns dias, recebí a indicação das amigas Rosana Madjarof e Bárbara para que apresentasse minhas músicas e aquí me vejo relembrando o passado, espero que curtam estas pequenas histórias que marcaram muito a minha vida.

No auge de minha adolescência, me preocupava apenas em viver os momentos de minha vida, sendo que tudo para mim era novidade, e buscava sempre fazer algo com muita liberdade, e visando encontrar este caminho passei a viver como se fosse um verdadeiro "Hippie", confesso que foi uma fase muito legal, curtia lugares diferentes, a natureza, fazia artezanato, confecionava bijuterias artesanais, e sempre me encontrava com outros da mesma "espécie", onde ouviamos muita música, falavamos da vida de cada um buscando ajudar um ao outro, viajava bastante, sempre me aventurando em caminhos novos. Mas a vida não poderia ser conduzida desta maneira, então cai na realidade novamente e passei a buscar outros caminhos que pudessem me dar um conforto maior e tambem o direito de ser respeitado, já que os Hippies eram considerados um grupo a parte da sociedade. E dentro desta experiência uma música marcou este período em minha vida e que jamais será esquecido, 0 autor da música também seguiu este caminho, confira no vídeo abaixo.



Em um segundo período de minha vida, outro momento que marcou bastante, foi o nascimento de meu filho "Junior", mas como marinheiro de primeira viagem não tinha muito jeito de cuidar de crianças, e quando ele tinha fortes cólicas era difícil acálma-lo, foi quando percebí que a música poderia me ajudar e sempre que ele estava impaciente eu colocava uma música, mas nem tudo são flores, algumas músicas não resolviam, foi quando encontrei uma linda canção que parecia ser um Hino para o adormecer, assim meu querido filho quando ouvia esta canção, dormia um sono maravilhoso e calmo, desta forma esta canção foi uma das maneiras que encontrei para colocar meu filho sob meu peito e fazâ-lo dormir, assim esta foi uma das passagens que emocionalmente marcou a minha história, aproveito também para dedicar esta postagem ao meu querido e amado filho JUNIOR.


Assim apresentei dois momentos que marcaram a minha história de vida, e para que o meme prossiga com outros participantes vou deixar um convite diferente, os seis primeiros dihittianos que ainda não participaram e que deixarem seu comentário nesta postagem estão indicados a continuarem a brincadeira, desta maneira veremos quem vai querer contar um pouquinho de sua história e apresentar suas músicas.


Gostou desta postagem, deixe seu comentário
Assine nossa Newsletter Assine nossa Newsletter Siga-nos diHITT Facebook Twitter

11 comentários:

  1. Mad!!!

    Que emocionante a sua história meu amigo querido.

    Nunca imaginei que você pudesse ter sido um hippie, mas deuma coisa tenho certeza, você é o maluco beleza mais incrível que eu conheço.

    Essa música do Raul é linda demais, e o vídeo que nos apresenta é muito significativo, com imagens e palavras lindas e tocantes.

    A música que marca o nascimento do seu filhinho é maravilhosa, e é tão suave que, com certeza, consegue acalmar qualquer pessoa, inclusive os bebês.

    Mad, eu amei o seu meme, e também a forma que você fez para indicar outras pessoas a participarem.

    Adorei!

    Bjs.

    Ro.

    ResponderExcluir
  2. Querido Amigo Mad

    Confesso a voce que até agora estou tentando me refazer das lágrimas para poder deixar este comentário. Hoje voce mostrou o quanto sua vida foi e é importante para alguém. Acredito que voce viveu intensamente todos os seus momentos, esta passagem de sua adolescência foi muito linda, naquela época me lembro que os hippies não eram bem vistos mas eles nunca faziam mal a ninguem, muito pelo contrário lí diversas histórias de ajuda e campanhas em prol de uma sociedade que os discriminava, tudo bem isto é passado e fico contente por voce ter vivido este momento de cabeça erguida.
    Já a histórinha de seu querido e lindo filho, esta sim me emocionou muito, isto soa como poesia, voce conseguiu mostrar a ele o que realmente tem sentido atraves da música voce lhe deu uma grande lição de vida isto é que é importante.
    Favoritei esta postagem e vou mostrá-la a alguns amigos e amigas voce merece esta divulgação.
    Só posso lhe deixar infinitos beijos e agradecer a Deus por voce ser o que é. Parabens
    Maria

    ResponderExcluir
  3. Tonny Freire Mascarenhas17 de mai de 2010 01:06:00

    Amigo

    Quando voce me convidou a conhecer o seu blog, confesso que não acreditei que poderia ter um, mas hoje conferindo seu trabalho percebí o quanto voce é capaz de desenvolver um trabalho tão sério.
    Esta postagem foi a coisa mais bonita que já ví, é preciso muita coragem para relatar estas passagens.
    Parabens pelo trabalho e sucesso pela frente
    Abraços do amigo Tonny

    ResponderExcluir
  4. Parabens pela linda postagem apresentando sua história e suas músicas.
    Abraços amigo

    ResponderExcluir
  5. Oi,
    Mad,
    emocionante sua história. Parabéns!
    Bjos no coração e fica com Deus

    ResponderExcluir
  6. Amigo Madresgate, mais uma vez você nos mostra o real significado da vida, e é isso que faz a diferença. De um hippie a um pai amoroso, o que faz com que as pessoas vejam como somos na nossa verdadeira essência. As aparências não significam nada, pois o que mais vale é aquilo que somos, fazemos e pensamos. As duas músicas são lindas, e muito significativas para cada época da sua vida. Abraços. Roniel.

    ResponderExcluir
  7. Oi Mad!
    Todos nós temos um pouco desse "Maluco Beleza", não é? Muito legal ouvir novamente essa música. Teve uma época em que eu ia muito a Karaokes...rs...e nunca deixava de cantá-la.
    Grande beijo,
    Jackie

    ResponderExcluir
  8. Muito bom amigo gostei de seu texto, você é.
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  9. A música do Raul é um verdadeiro hino...muito legal sua história... na época das cólicas de minha filha, nem pensava em colocar música..

    Abraço

    ResponderExcluir
  10. E aê,Mad ! Blz? Essas 2 tb me marcaram rapaz! Parabéns meu bródi,com certeza teu filho reconhecerá teu carinho e afeto de grande pai! Valeu!

    ResponderExcluir
  11. Excelentes escolhas, inteligente e sensíveis. A ultima musica foi muito bom colocar para ouvir, pq minha pequena filha gostou muito.

    ResponderExcluir

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO MODERADOS
- Não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de discriminação, racismo, ou apologias.
- Não coloque links nos comentários.
- Faça seu comentário relativo ao artigo apresentado.
- Grato pela compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics