Soneto da Vida Nova - (Dante Alighieri)


SONETO DA VIDA NOVA
Tão discreta e gentil que me afigura
ao saudar, quando passa, a minha amada,
que a língua não consegue dizer nada
e a fitá-la, o olhar não se aventura.

Ela se vai sentindo-se louvada
envolta de modéstia nobre e pura.
Parece que do céu essa criatura
para atestar milagre foi baixada.

Ao que a contempla infunde tal prazer,
pelos olhos transmite tal doçura,
que só quem prova pode compreender.

E assim, parece, o seu semblante inspira
um delicado espírito de amor
que vai dizendo ao coração suspira


(tradução de Henriqueta Lisboa)

12 comentários:

  1. Olá amigo Mad!
    Lindo texto de Dante Alighieri.
    Creio que nos sentimos assim quando temos um amor.
    Adorei o post!
    Forte abraço, Fernandez.

    ResponderExcluir
  2. Belas palavras para se encerrar um noite.
    A cada visita em seu blog, percebo sua sencibilidade e seriedade na escolha de suas postagens.
    Parabens pelo trabalho.
    Felipe

    ResponderExcluir
  3. Um bélissimo texto apresentado
    Parabéns pela escolha

    ResponderExcluir
  4. Kataryna Levi Acrelli26 de mar de 2010 01:03:00

    Um grande autor poderia exprimir em palavras seus sentimentos.
    Isto é o que vemos neste texto de Dante Alighieri.
    Achei muito interessante voce tambem linkar a biografia do autor ao texto
    Sua maneira de divulgação é excelente
    Parabens

    ResponderExcluir
  5. Hugo Melline Fagundes26 de mar de 2010 01:07:00

    Parabens pela escolha do texto e por sua divulgação no blog
    Voce escolhe textos interessantes e de grandes autores

    ResponderExcluir
  6. Na idade cavalheiresca é que eles sabiam fazer poesias românticas!! Hoje, a gente apenas macaqueamos à moda deles, embora os sentimentos sejam tão vivos como os de outrora...

    Abçs!!

    Ebrael.

    ResponderExcluir
  7. Um amor contemplativo cheio de lirismo e encantamento.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  8. Muito agradavel, realmente de excelente bom gosto.
    abraços.

    ResponderExcluir
  9. Mad,

    Um poema magnífico de Dante Alighieri, que inspira o amor e a beleza da alma.

    Lindo demais!

    Bjs.

    Rosana.

    ResponderExcluir
  10. Querido Mad

    Novamente passo por sua pagina para deixar minhas poucas palavras e agradecimento por sua indicação e tambem parabenizá-lo pela escolha dio texto que muito nos enaltece e nos leva a um patamar de muita paz.
    Interessante sua preocupação nas escolhas que faz, parabens pelo linto texto apresentado
    Maria

    ResponderExcluir

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO MODERADOS
- Não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de discriminação, racismo, ou apologias.
- Não coloque links nos comentários.
- Faça seu comentário relativo ao artigo apresentado.
- Grato pela compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics