Viver - (Carlos Drumond de Andrade)


VIVER


Mas era apenas isso,
era isso, mais nada?
Era só a batida
numa porta fechada?
E ninguém respondendo,
nenhum gesto de abrir:
era,sem fechadura,
uma chave perdida?
Isso, ou menos que isso,
uma noção de porta,
o projeto de abri-la
sem haver outro lado?
O projeto de escuta
à procura de som?
O responder que oferta
o dom de uma recusa?
Como viver o mundo
em termos de esperança?
E que palavra é essa
que a vida não alcança?


(Carlos Drumond de Andrade)

25 comentários:

  1. Olá amigo Mad!
    Drumond é fantástico mesmo.
    Adorei o post!
    Forte abraço, Fernandez.

    ResponderExcluir
  2. Drumond escreve palavras que o coração da gente sente!! Gostei muito!! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Drumond é de uma genialidade incomum.
    abraços.

    ResponderExcluir
  4. Ola
    Parabéns pela escolha e pelo poema apresentado
    Sua escolha foi perfeita

    Theodoro

    ResponderExcluir
  5. Cristiane Ap. Coelho13 de mar de 2010 13:21:00

    Os textos de Carlos Drumond de Andrade são perfeitos.
    A sensibilidade que o poeta exprime suas obras é magnifica e representa o convite a leitura.
    Parabens pela escolha e divulgação.
    Cristiane

    ResponderExcluir
  6. Mônica Frenghy Celinsky13 de mar de 2010 13:25:00

    O que podemos dizer de Carlos Drumond de Andrade; suas obras são perfeitas tanto pelas frases como pelo conteúdo; sabemos que o autor apresenta um acervo excelente em nossa literatura e assim a divulgação de suas obras é certamente um passeio ao passado regado de muita alegria.
    Afirmo ainda que ao visitar seu blog aposto em seu sucesso pela seriedade com que voce apresenta seu trabalho
    Um grande abraço
    Mônica

    ResponderExcluir
  7. Ricardo Prado Figueiredo13 de mar de 2010 13:28:00

    Um poema de escolha perfeita, sua postagem nos faz relembrar um grande nome de nossa história.
    Parabens
    Ricardo

    ResponderExcluir
  8. Carlos Drumond é perfeito em todas as suas palavras.
    Podemos sentir os sentimentos que ele tenta nos descrever em seus textos.
    Abraços amigo

    ResponderExcluir
  9. Ola Amigo Mad
    Mais uma vez estou por aquí conferindo suas postagens.
    Ao receber a atualização de seu feed, vim conferir a postagem e tambem deixar este comentário.
    Voce consegue escolher obras marcantes.
    Acredito que sua sencibilidade esteja acima de seu trabalho e com isto suas apresentações no blog são perfeitas e envolventes.
    É muito gratificante participar com voce deste trabalho, comentando e prestigiando suas postagens.
    Felicidades querido amigo
    Pryscilla

    ResponderExcluir
  10. Ola meu querido

    As vezes fico me perguntado onde voce encontra tanta paz e sencibilidade para escolher textos tão lindos.
    É bem verdade que nossa literatura possuí nomes de peso, mas voce consegue escolher obras magnificas e marcantes pelo conteúdo.
    Como é gratificante visitar seu blog.
    Carlos Drumond vale a pena conferir, ele é perfeito em suas obras.
    Felicidades amigo
    Beijos
    Maria

    ResponderExcluir
  11. Heloysa Garcia Neves13 de mar de 2010 13:50:00

    Ola
    Adorei sua postagem
    Parabens pela escolha
    Heloysa

    ResponderExcluir
  12. Ola
    Adorei a publicação de sua postagem
    Drumond é exemplar em todos os sentidos
    Fernando

    ResponderExcluir
  13. Olá Mad,

    Linda esta poesia. Por vezes a angústia toma conta de nós e fica muito difícil encaixar a esperança na vida.

    Grande abraço e bom fim de semana!
    Luísa

    ResponderExcluir
  14. Parabens
    Adorei sua postagem, é sempre maravilhoso relembrar Carlos Drumond.

    ResponderExcluir
  15. Carlos Monteiro Jr13 de mar de 2010 15:35:00

    Postagem magnifica.
    Adorei este poema de Drumond
    Abraços a voce

    ResponderExcluir
  16. Oi Mad
    Mais uma vez voce nos apresente uma ótima postagem em seu blog
    Parabens amigo
    Cicero

    ResponderExcluir
  17. Oi Mad
    Ahradeço sua indicação para conferir esta postagem, voce fez uma escolha muito boa nos apresentando Carlos Drumond.
    Adorei o poema.
    Parabens
    Abraço forte
    Juca

    ResponderExcluir
  18. Drumond sabia escrever com inteligencia. Veja bem que ele faz uma crítica, não é um poema que exalta felicidade e sim ponderações, momentos reflexivos, questionadores.
    O que sentimos muitas vezes diantes de muitos fatos marcantes.

    ResponderExcluir
  19. Nossa Mad que poema lindíssimo sobre a arte de viver. Drummond é fantástico.
    Lembrei de um que tenho aqui que acho que irá gostar:

    Hoje é dia de viver mais (Adilson Costa)

    Não some os dias que viveu até agora,
    some as experiências que já passou,
    os sonhos que já sonhou,
    as lágrimas que já chorou,
    e os sorrisos que já sorriu.

    É tempo de viver mais,
    viver mais feliz, viver mais por você mesmo,
    viver mais para você.
    Vivemos muito tempo vivendo a vida dos outros,
    e muitas vezes esquecemos de viver as nossas,
    viva,
    viva mais,
    viva mais agora,
    viva mais agora mesmo,
    você é dono da sua direção,
    você é capaz de dirigir sua própria vida,
    não importa o que os outros falem,
    viva sua própria vida,
    viva mais sem medo de sofrer,
    sem receios dos próximos passos,
    sem medo de querer,
    queira mais,
    viva mais, hoje é o tempo certo,
    hoje é o dia,
    amanhã não é certo que estejamos aqui,
    ou as pessoas que amamos estarão aqui,
    ame mais a si mesmo e será capaz de amar as outras pessoas,
    lembre-se a vida é somente um pequeno
    sopro perto da imensidão do universo.
    Hoje é dia de viver mais tudo que puder,
    então viva.


    Parabéns pelo post meu querido amigo.Bom restinho de sábado.
    Beijos no coração.
    Márcia Canêdo

    ResponderExcluir
  20. Ola Camarada
    Passei para lhe agradecer pela indicação
    Drumond é e sempre será diferente pela maneira com que escreveu seus textox
    Como perceber nos comentários, ele ainda consegue impressionar a todos nós com suas obras, e de certa forma nos leva ao passado, como bem relatou nossa amiga Marcia.
    Parabens Camarada
    Fui
    Max

    ResponderExcluir
  21. Mad,

    Que maravilha de poema você escolheu meu amigo!

    Drumond é imortal, e a sua essência ficou em suas poesias, que fala e grita aos corações, calando a nossa voz.

    Fantástico Mad!

    Bjs.

    Rosana.

    ResponderExcluir
  22. Olá querido amigo Mad,

    Parabéns pelo post.

    A poesia de Drummond fala por si só. Dizer o que mais?

    Bela escola. Gostei!

    "Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade."
    Carlos Drummond de Andrade

    Beijos.
    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

    ResponderExcluir
  23. Olá
    Difícil comentar Drummond, ele é único. Parabéns pela escolha.
    Estou te seguindo
    Abração

    ResponderExcluir
  24. Que Post Fantástico!
    AMIGO MAD
    Um Poema absolutamente, magistral!
    Parabenizo-o por mais um magnífico Post!
    Contagiou, Mexeu. Valeu.
    Abraços,
    LISON.

    ResponderExcluir
  25. As poesias de Drummond são sempre lindas, de uma sensibilidade incríveis.

    ResponderExcluir

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO MODERADOS
- Não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de discriminação, racismo, ou apologias.
- Não coloque links nos comentários.
- Faça seu comentário relativo ao artigo apresentado.
- Grato pela compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics