Ser Pai


Ser Pai


"Ser pai não é o mesmo que ser mãe.
É assumir um lugar, antes de tudo,
de autoridade, na educação de seus filhos"
Ao iniciar este texto, sinto-me num lugar estranho,
por ser mãe e não pai, por ser mulher e não homem.
Porém, este lugar me interessa na medida em
que me coloca num ‘lugar entre', de quem observa.
E o que me provoca a escrever estas linhas é
a percepção desta mudança perversa do lugar do pai,
que se perde na cultura, que evolui em alguns
parâmetros em detrimento de outros.
Arriscando o lugar da família, a mãe,
unificadora e mantenedora da moral, por excelência,
sai de casa para auxiliar no sustento da mesma.
Essa saída rompe com um cotidiano,
abre novos olhares sobre a formação da maternidade e,
conseqüentemente da paternidade, principalmente
no que tange à autoridade dessa última.
O pai, antes provedor onipotente, não é mais o único,
pois divide a sua função com a esposa (mãe).
E, como reflexo disso, aliado ao fato de que
não gera e pouco cuida da prole, perde o seu posto,
ilusoriamente estabelecido pela tradição.
O lugar do pai é o da autoridade,
do limite, do poder.
Antes mesmo de Jesus Cristo, este conceito
era claramente imposto pelo judaísmo,
na relação humana com Deus.
Todavia, a aproximação cristã da figura do pai,
inaugurou na linguagem um novo olhar,
uma nova percepção de Deus, do pai, e,
obviamente, do padre, mas não lhe retirou
o poder, a autoridade.
É preciso inicialmente, convocar a sociedade
a pensar o passado na direção do presente,
que insiste na negação da humanidade,
enquanto produto de uma história que
se ‘arruma' a cada ato.
Ser pai é entender, antes de tudo,
que por mais mudanças que haja na sociedade,
há uma vocação que se instala no coração
daquele que deve anunciar a autoridade,
o limite, o caminho.
Ser pai é estar atento ao(s) filho(s), em seus desejos,
em suas escolhas, em suas angústias.
E sabendo fazer uso de sua sabedoria
e experiência, ensinar o filho a ‘pescar'
para que ele cresça,
seja livre e independente.
Atualmente, por falta de tempo e
de aprendizado da autoridade paterna,
deixamos de crer na onipotência divina,
desprezamos a experiência de nossos pais
e vestimos a falsa ideologia
de que somos todos iguais.
Ser pai não é o mesmo que ser mãe.
É assumir um lugar, antes de tudo,
de autoridade, na educação de seus filhos.

(Samanta Obadia)


Gostou desta postagem, deixe seu comentário
Assine nossa Newsletter Assine nossa Newsletter Siga-nos diHITT Facebook Twitter

6 comentários:

  1. Bom dia Parceiro

    Rapaz o texto é forte, mas vale a pena seu conteúdo.
    Em poucas palavras a autora descreve claramente a realidade de pais nos dias de hoje, e como é difícil esta tarefa.
    O mais gratificante é saber que nossa tarefa na maioria das vezes não é em vão.
    Nossos filhos sempre nos dão ótimas alegrias, basta apenas sabel conduzí-los pelo caminho certo.
    Adorei seu blog e o conteúdo.
    Umaraço
    Juca

    ResponderExcluir
  2. Tô aqui de novo.

    Voce consegue encontrar coisas tão bonitas para postar pra gente.
    Este texto então, é maravilhoso, na verdade é o que vivemos hoje.
    Muitos ainda não conseguem ver desta maneira, mas com certeza fazem a sua parte.
    Adorei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não sei eonde voce consegue encontrar textos desta natureza e tão bonitos.
    Não conhecia este blog, mas agora sempre passo por aquí para conferir as novidades.
    Continue assim voce esta no caminho certo trazendo coisas boas para seus leitores.
    Seja feliz em seu trabalho voce merece.
    Ainda terei meu blog e com certeza terei o maior prazer em criar uma parceria contigo.
    Até mais.

    ResponderExcluir
  4. Lindo texto
    Lindas palavras
    Linda mensagem que deveria ser apreciada por muitos para entender a relação pai e filhos.

    ResponderExcluir
  5. Karla Novaes Parente23 de fev de 2010 19:07:00

    Poxa que txto lindo
    As palavras são como um ensinamento para todos nós.
    Parabens adorei esta magnifica postagem
    Karla

    ResponderExcluir
  6. Muito bom esse texto... Adorei seu cantinho...

    ResponderExcluir

TODOS OS COMENTÁRIOS SERÃO MODERADOS
- Não serão aceitos comentários que contenham qualquer tipo de discriminação, racismo, ou apologias.
- Não coloque links nos comentários.
- Faça seu comentário relativo ao artigo apresentado.
- Grato pela compreensão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Real Time Web Analytics